Araucária, 25 de dezembro de 2011

NOTÍCIAS

Não deixe para a última hora os procedimentos para os avanços!

O prazo para requerer progressão e promoção vai até quinta-feira, dia 30. Mas devido à paralisação nacional, o Sismmar só fará atendimento até a quarta, dia 29

A direção do Sismmar lembra os professores que o prazo para protocolar os pedidos de promoção vertical e progressão por certificação vai até 30 de abril.

Mas, atenção! Quem precisar de informação, orientação ou formulário do sindicato para requerer seus direitos precisa fazer até o dia 29, quarta-feira, antes das 17 horas.

No dia 30 não haverá expediente na sede do sindicato. É dia de paralisação nacional do magistério. Portanto, não Deise para a última hora.

Observe a seguir onde você se enquadra e saiba como proceder:

Progressão por certificação

É necessário apresentar certificados com total de 240 horas de cursos.  Não precisam ser dos últimos 3 anos.

Os certificados devem ser posteriores à nomeação e não podem ter sido usados em outro pedido.

Se o conjunto de certificados excederem as horas exigidas para progredir, peça para reservar os créditos/horas excedentes para o próximo pedido.

Promoção vertical

O único requisito em lei para a promoção é apresentar o diploma de graduação, especialização, mestrado ou doutorado. O Município tem pedido também o histórico escolar.

Protocolar de novo os pedidos indeferidos

Quem teve pedido indeferido nos anos anteriores deve protocolar novo pedido neste ano, apresentando todos os documentos, mesmo os apresentados em anos anteriores.

Promoção da Docência I indeferidos por transposição de nível

Também os servidores da Docência I que tiveram promoções indeferidas sob a alegação de transposição de nível devem fazer novo protocolo.

O Sismmar propôs ação judicial coletiva pelo reconhecimento do direito e o pagamento dos retroativos.

Pedidos de anos anteriores não decididos

Muitos dos procedimentos de anos passados permanecem sem decisão. Estes servidores devem protocolar novo pedido.

Avanços deferidos em anos anteriores, e não pagos

Os servidores que tiveram seus pedidos de promoção e progressão DEFERIDOS nos últimos anos, mas não estão recebendo, não precisam fazer novo protocolo neste ano. O Sismmar já tem ação coletiva proposta em 2014 requerendo o pagamento de todos os retroativos.