Araucária, 25 de dezembro de 2011

NOTÍCIAS

Pedagogas entregam proposta de projeto de lei à Smed

O objetivo é mudar o nome do cargo para viabilizar a aposentadoria especial dos pedagogos. O secretário assumiu compromisso de encaminhar já na segunda-feira o processo administrativo, para que o projeto de lei chegue logo à Câmara

O Coletivo de Pedagogas/os do Sismmar entregou ao secretário da Educação Henrique Theobald a proposta da categoria para alterar a nomenclatura do cargo no Plano de Carreira. A entrega ocorreu na manhã de quinta-feira, 8 de junho, na Smed, com a presença de várias pedagogas e pedagogos.

O secretário recebeu o documento, se comprometeu a analisar e, se tiver alguma questão a apresentar, vai debater com a direção sindical na segunda-feira, dia 12. Esta reunião de negociação está marcada desde maio.

A proposta em discussão foi elaborada pela Secretaria da Educação e debatida pelo Coletivo de Pedagogas/os e pela categoria em assembleia. Foi também revisada pela assessoria jurídica do Sismmar antes de ser devolvida à Smed.

O que muda no PCCV é a nomenclatura do cargo, trocando “profissional do Magistério” por “professor”. Assim, o quadro será composto por professores – Docência I, professores –Docência II e professores pedagogos.

Outra alteração proposta busca adequar a lei do PCCV à legislação nacional e à lei do Plano Municipal de Educação. Amplia a hora-atividade para um terço da jornada.

O secretário assumiu compromisso de encaminhar já na segunda-feira o processo administrativo, para que o projeto de lei chegue logo à Câmara Municipal.

Docência II

 

As dirigentes do Sismmar explicaram ao secretário que a categoria rejeitou mudanças na descrição dos cargos da Docência I e, especialmente, da Docência II. O objetivo da Smed é facilitar a atuação de professores - Docência II no apoio a estudantes dos anos iniciais com defasagem de aprendizagem. 

Foi solicitado ao secretário que abra este debate com a categoria e realize os estudos jurídicos para evitar que se incorra em desvio de função.

O Coletivo de Pedagogas/os do Sismmar entregou ao secretário da Educação Henrique Theobald a proposta da categoria para alterar a nomenclatura do cargo no Plano de Carreira. A entrega ocorreu na manhã de quinta-feira, 8 de junho, na Smed, com a presença de várias pedagogas e pedagogos.

O secretário recebeu o documento, se comprometeu a analisar e, se tiver alguma questão a apresentar, vai debater com a direção sindical na segunda-feira, dia 12. Esta reunião de negociação está marcada desde maio.

A proposta em discussão foi elaborada pela Secretaria da Educação e debatida pelo Coletivo de Pedagogas/os e pela categoria em assembleia. Foi também revisada pela assessoria jurídica do Sismmar antes de ser devolvida à Smed.

O que muda no PCCV é a nomenclatura do cargo, trocando “profissional do Magistério” por “professor”. Assim, o quadro será composto por professores – Docência I, professores –Docência II e professores pedagogos.

Outra alteração proposta busca adequar a lei do PCCV à legislação nacional e à lei do Plano Municipal de Educação. Amplia a hora-atividade para um terço da jornada.

O secretário assumiu compromisso de encaminhar já na segunda-feira o processo administrativo, para que o projeto de lei chegue logo à Câmara Municipal.

Docência II

As dirigentes do Sismmar explicaram ao secretário que a categoria rejeitou mudanças na descrição dos cargos da Docência I e, especialmente, da Docência II. O objetivo da Smed é facilitar a atuação de professores - Docência II no apoio a estudantes dos anos iniciais com defasagem de aprendizagem. Foi solicitado ao secretário que abra este debate com a categoria e realize os estudos jurídicos para evitar que se incorra em desvio de função.