Araucária, 25 de dezembro de 2011

NOTÍCIAS

SMED revoga ponto facultativo da quarta-feira de cinzas

Mudanças constantes no calendário escolar confundem a categoria e desorganizam a vida de muitas famílias. O SISMMAR solicitou e conseguiu agendar reunião para tratar da quarta-feira de cinzas com representantes da SMED para 6 de fevereiro

Na sexta-feira, 26 de janeiro, a Secretaria da Educação novamente alterou o calendário escolar de 2018. Desta vez, e sem qualquer diálogo com os trabalhadores, o governo deixa de considerar feriado ponto facultativo a quarta-feira de cinzas, 14 de fevereiro, tornando-a data de planejamento.

Na versão original do calendário, divulgada em 30 de novembro passado, o dia 14 foi definido como feriado. Historicamente, a quarta-feira de cinzas era ponto facultativo nas escolas. Isto permanece inalterado em outras redes, públicas e particulares.

Estas mudanças constantes do calendário escolar confundem a categoria e desorganizam a vida de muitas famílias.

Quem planejou o carnaval com base no calendário escolar, agora se vê obrigado a rever seu planejamento. Isto muitas vezes inclui despesas contratadas previamente e, consequentemente, prejuízo.

Para o cotidiano escolar, mudar o dia 14 de feriado para data de planejamento não traz melhorias. As aulas só começam no dia 19 e a comunidade escolar deve agora imaginar atividades para a quarta-feira de cinzas. Entendemos isso como mais um ataque a professores, pedagogos e funcionários, bem como à autonomia e gestão democrática das escolas.

A mudança apenas atende a um decreto do prefeito Hissam, que revogou decreto de 24 de outubro, que considerava ponto facultativo o dia 14. Não considera que as escolas têm calendário próprio e têm autonomia para organizar o ano letivo. Precisam apenas seguir as orientações do Conselho Municipal de Educação.

Correção do calendário

Em 10 de janeiro o calendário fora republicado para atender a uma intervenção da direção do SISMMAR. Originalmente, as pedagogas voltariam às escolas dois dias antes dos demais professores. Esta diferenciação de dias trabalhados feria a isonomia de tratamento para categoria.

Agora, apenas as direções escolares retornam no dia 7 de fevereiro às escolas. Todos os demais voltam na sexta-feira, 9 de fevereiro.

O SISMMAR solicitou e conseguiu agendar reunião para tratar do assunto com representantes da SMED para o dia 6 de fevereiro, às 9h30min.