Araucária, 25 de dezembro de 2011

NOTÍCIAS

Rosa Picheth acende o alerta para estadualização sem projeto

A Escola Municipal de Campo Rosa Picheth não estava no programa de estadualização. Na sexta-feira, dia 21, a comunidade escolar foi surpreendida com a informação de que a unidade passará para o Estado. A informação veio de fonte não oficial

À direita, a logo da resistência
do Werka na tentativa
de estadualização da
escola, em 2015

Aceso o alerta, a direção sindical foi em busca de respostas e de posicionamentos oficiais que esclareçam os professores da Docência II, mães, pais e toda a comunidade.

Na segunda-feira, 24, os dirigentes Alice Unicki dos Santos e Daniel Martello Lazinho foram até a Prefeitura, onde estavam reunidas no auditório direções de escolas estaduais para tratar da previsão de vagas na rede estadual em Araucária. As turmas a serem cedidas do Rosa Picheth para o Colégio Estadual Guajuvira não estavam incluídas.

Lá puderam interpelar algumas autoridades. Questionado, o secretário de Governo, Genildo Carvalho, confirmou a diretriz economista para a educação. Segundo ele, a administração Hissam quer economizar para gastar em asfalto. O governo desinveste na educação para priorizar ações que dão mais visibilidade ao eleitor.

Por sua vez, o secretário de Educação Henrique Theobald não reconheceu a proposta e afirmou estar surpreso com a notícia. Mais uma prova de que o projeto de estadualização não se fundamenta na qualidade de ensino, mas em interesses políticos.

 Em reunião no mesmo dia, as lideranças sindicais junto à direção e professores da Escola levaram ao secretário de Educação as preocupações do Magistério. Além da escola Rocha Pichet não estar no calendário de estadualização, o Município perde verbas do Fundeb. Professores perdem postos de trabalho e profissionais de todas as funções da escola ficam inseguros sobre seus empregos e carreiras. Os trabalhadores exigem e merecem respeito! O governo havia assumido compromisso de abrir amplo diálogo com a comunidade escolar no processo de estadualização e precisa cumprir.

Na tarde de  quarta feira, 26/09,  ficou marcada reunião com o Secretário de Governo Genildo Carvalho, na Prefeitura de Araucária, para tratar da estadualização.

Firmes! A Luta Muda a Vida