Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

Compreender que a luta contra o racismo não é um problema apenas da população negra, mas sim uma luta de todas e todos é urgente e é para agora. Compreender que a Educação tem um papel fundamental nessa luta é dever de cada professor e cada educador do chão da escola para a transformação dessa realidade cruel para negros.

Neste 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, o SISMMAR reforça a importância da implementação na prática das Leis 10.639/03 e 11.645/08, que tornam obrigatório o ensino da história e cultura afrobrasileira e africana em todas as escolas públicas e privadas, do Ensino Fundamental ao Ensino Médio.

É fundamental que você, professor(a), conheça essas leis, que representam um necessário avanço na Educação Antirracista. Mais importante ainda é implementá-las na prática, combatendo ativamente toda e qualquer expressão de preconceito e valorizando a contribuição histórica africana na formação cultural do nosso país.

>>>PORTAL GELEDÉS: VEJA A IMPORTÂNCIA DA LEI 10.639/03 PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE ANTIRRACISTA<<<

O racismo é estrutural e, infelizmente, as escolas não estão livres desse problema. Portanto, se você presenciar episódios de racismo e exclusão e solidão de estudantes negros, é fundamental agir e tomar as devidas providências para que o ambiente escolar tenha respeito à diversidade e compromisso com uma Educação Antirracista.

Negligência e omissão também fazem parte do racismo estrutural nas escolas. Portanto, seja você o professor, ou a professora, que trabalha ativamente para conquistar o mundo que queremos: um mundo livre do racismo e que valoriza a diversidade do nosso povo. Ensine a amar e não a odiar.

“Ninguém nasce odiando outra pessoa por sua cor da pele, sua origem ou sua religião. As pessoas podem aprender a odiar e, se podem aprender a odiar, pode-se ensiná-las a aprender a amar.” (Nelson Mandela)

what you need to know

in your inbox every morning