Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

assembleiaOs professores e professoras da rede municipal de Araucária se reuniram em assembleia com o SISMMAR na tarde desta segunda-feira (23) para debater e definir os próximos passos da luta em defesa da vida.

Enquanto a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Educação (Smed) deixam evidente seu desdém com a vida, os trabalhadores seguem em estado de greve e vão aumentar a mobilização e a pressão pela continuidade do ensino remoto até que toda a categoria esteja completamente imunizada contra a Covid-19, o que deve ocorrer em outubro.

Nesta semana, vamos continuar com o caminhão de som rodando pela cidade e panfletar a carta aberta para a comunidade, a fim de dialogar e alertar a população sobre os riscos da volta às aulas presenciais sem esquema vacinal completo e com o avanço da variante delta em Araucária e em todo o estado.

O SISMMAR orienta que os trabalhadores da Educação dialoguem com os estudantes e pais sobre esses riscos, fortaleçam o comando de greve e denunciem quaisquer descumprimentos aos protocolos nas unidades educacionais que já estão em funcionamento. Você pode fazer isso, com garantia de sigilo, através do nosso Canal de Denúncias da Educação (41) 98865-2855.

Ainda nesta semana, na quinta-feira (26), também teremos uma outra assembleia virtual para definir novos encaminhamentos. Fique atento aos canais de comunicação do sindicato, participe e convide os colegas de sua unidade educacional. Aula segura é aula em casa!

[tds_warning]Hissam promove festa com aglomeração enquanto variante delta provoca mais um óbito em Araucária

Reprodução: redes sociais

Ontem (23), a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) anunciou que a variante delta do coronavírus fez mais uma vítima em Araucária, desta vez um homem de apenas 27 anos. Enquanto isso, o prefeito Hissam segue dando um show de falta de respeito à vida, e inclusive chegou a organizar uma festa no último fim de semana com muita aglomeração e desrespeito aos protocolos sanitários contra a Covid-19. As fotos e vídeos circulam pelas redes sociais.

A Secretária de Educação, Adriana Chaves Palmieiri, que afirmou que ela e o prefeito se responsabilizam pelas mortes que podem vir a ocorrer devido à volta das aulas presenciais sem segurança, também estava entre os convidados da festa promovida por Hissam e foi flagrada em diversas imagens, sem utilizar máscaras ou cumprir qualquer protocolo contra a Covid-19.

É com essa postura negacionista que o prefeito e a Secretária de Educação lidam com o coronavírus em Araucária. Além de colocarem os trabalhadores no corredor da morte com o retorno irresponsável, ainda brincam com a vida e promovem aglomerações e festas sem nenhum respeito às 665 pessoas que seguem em tratamento devido às complicações de Covid, às famílias das 503 vítimas da pandemia no município e à toda a população. O que comemoram?

De acordo com a nota técnica do cientista e biólogo Lucas Ferrante, Araucária hoje deveria estar estudando um lockdown para conter a disseminação da nova variante do coronavírus, que é 1.000 vezes mais transmissível que a variante gama, por exemplo. No entanto, o que se vê por parte da gestão Hissam é o desprezo pela vida e por quem defende a vida.

Fora Hissam e Fora Secretária Adriana! Basta de negacionismo e práticas genocidas! [/tds_warning]

 

what you need to know

in your inbox every morning