Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

Reunidos em assembleia na manhã desta segunda-feira, 9 de setembro, as categorias do serviço municipal decidiram acatar decisão do Tribunal de Justiça e vão manter 50% dos serviços de educação, saúde e segurança funcionando.

O despacho do desembargador Nilson Mizuta publicado na sexta-feira atendeu em parte os pedidos da administração municipal. Não declarou a greve ilegal. Não determinou o desconto dos dias parados. Também não determinou o retorno dos grevistas ao trabalho. Apenas acatou um pedido secundário, para manter 50% dos serviços em setores essenciais.

Cumprindo a decisão, a partir desta quarta-feira as escolas funcionam até o recreio. Das 7h30 às 9h30, pela manhã, e das 13 às 15 horas, à tarde. Os Cmeis só funcionam no período da tarde, das 13 às 17 horas.

Os servidores também instalaram acampamento na frente do Paço Municipal e pretendem mantê-lo até que as reivindicações sejam atendidas. .

Nesta terça-feira, às 8h30 o prefeito deve reunir com vereadores. Para as 10 horas está marcada reunião com representação dos servidores em greve.

Às 10 horas também será realizada assembleia na frente da Prefeitura, para avaliar o andamento do movimento e decidir por novos encaminhamentos.

As categorias do serviço municipal esperam que Olizandro apresente proposta decente para negociação. Caso contrário, a categoria pode até decidir voltar à paralisação total!

A greve dos professores e dos servidores do quadro geral já é vitoriosa.

Demonstra uma união inédita entre os trabalhadores. É assim que precisa continuar, até a vitória final!

what you need to know

in your inbox every morning