Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

Na manhã desta terça (07), na sessão da Câmara de Araucária, os vereadores aprovaram um conjunto de ataques aos servidores e à população. Entre os ataques, por 6 votos a 4, foi aprovado o Projeto de Lei (PL) nº 2412/2021 que isenta a Prefeitura de um compromisso histórico com as aposentadorias dos trabalhadores municipais a partir da retirada do Artigo 4º da Lei 1493/2004 do FPMA, gerando prejuízo imediato e a descapitalização do nosso Fundo.

Com a aprovação do PL, a Prefeitura deixará de repassar mensalmente a contribuição patronal da previdência, aumentando a dívida com o FPMA, ou seja: a sua aposentadoria está em RISCO!

Como se não bastasse, na mesma sessão foram aprovadas:
– A criação de mais 95 cargos em comissão para prefeitura;
– O aumento de cargo comissionados para a Câmara Municipal;
– O aumento de 15% no salário para Diretores Executivo da Câmara;
– O aumento de Salário dos Secretários Municipais para R$ 17.600;
– A alteração dos repasses ao Fundo de Previdência que passam a ser anuais, tirando dinheiro todo mês das futuras aposentadorias!

Como ratos que se escondem em esgotos, a sessão do legislativo ocorreu de forma online, impedindo os trabalhadores e aposentados de se manifestarem presencialmente nos arredores da Câmara, que está em interditada para reforma. É bem conveniente para o Prefeito Hissam e sua base aliada ter sessões remotas após o absurdo e violento ataque aos trabalhadores no dia 3 de setembro, quando foi aprovado o aumento de 3% da alíquota previdenciária dos servidores públicos.

Não temos nenhuma ilusão com o quadro legislativo atual, também lembramos que a mídia local está cega, surda e muda para os desmandos do prefeito e os vereadores aliados. Já a mídia da capital, tanto no dia de hoje quanto no dia 3 de setembro, só faz as coberturas reproduzindo as notas oficiais dos governos sem ouvir, ou ao menos procurar os trabalhadores.

Quem conta a história dos trabalhadores somos nós. Quem faz a história, somos nós! Por isso, sempre que os trabalhadores se organizam e convocam a categoria à luta, sabem que é a única saída possível. Por isso, quando houver atos, assembleias, greves, paralisações ou protestos, venham para a luta e amplie a resistência. Se não lutarmos e não contarmos com a presença de todos, daqui a pouco não sobrará ninguém para gritar por você. O sindicato somos todos nós!

Só a luta Muda a Vida!
Seguindo sempre FIRMES com a classe trabalhadora!

what you need to know

in your inbox every morning