Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

Numa assembleia tão rápida quanto concorrida,os professores municipais decidiram participar da paralisação dos servidores públicos.

A decisão foi na assembleia realizada na tarde de hoje, 24, no salão da Igreja do Perpétuo Socorro.

No dia 26 de julho os serviços municipais de Araucária vão parar por um dia. Será um alerta a Olizandro de que os servidores não vão ficar calados, pagando a conta, enquando o prefeito beneficia seus apoiadores políticos com cargos comissionados.

Os comentários e as opiniões expressadas por quem estava na assembleia mostraram que não havia dúvidas sobre a paralisação. Diante dos ataques aos direitos, não restou alternativas senão ampliar a pressão sobre a administração municipal.

E se no dia 26 o prefeito não deixar avançar as reivindicações, os trabalhadores do serviço público podem ir à greve. Esta proposta apresentada na assembleia foi muito bem recebida.

Tanto que a categoria já decidiu convocar assembleia para quinta-feira, dia 1º, para decidir sobre a greve. Aguarde a convocação do Sismmar.

Dirigentes do Sifar estiveram na assembleia dos professores e saíram de lá com a responsabilidade de debater a greve com os servidores do quadro geral.

Só uma proposta clara e objetiva do prefeito pode evitar a greve de todos servidores públicos municipais.

what you need to know

in your inbox every morning