Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

ato contra o Pacotaço

As servidoras e os servidores municipais mais uma vez fizeram bonito e lotaram o ato convocado pelo SISMMAR e o SIFAR, nesta terça-feira (21), na Câmara Municipal. A manifestação ocorreu durante a sessão plenária do legislativo, na qual a categoria cobrou o fim do Pacotaço e a anistia da falta da greve de 15 de agosto.

Embora os Projetos de Lei (PLs) do Pacotaço ainda não tenham sido enviados à Câmara de Vereadores graças à intensa pressão do funcionalismo municipal, o magistério e o quadro geral estão vigilantes e mostraram que seguem amplamente mobilizados em defesa da carreira e da previdência.

Durante a sessão, também havia a expectativa de que fosse votado um requerimento que pede a anistia da falta da greve. Entretanto, o requerimento feito pelos vereadores que não compõem a base aliada do prefeito (Fábio Pavoni, Prof. Valter e Pastor Castilhos) e por Irineu Cantador, foi arquivado antes mesmo de poder ser apresentado em plenário.

Ao final da sessão plenária, alguns vereadores da base aliada chegaram a afirmar que vão buscar diálogo com Hissam para solicitar que ele reveja essa falta e desconto nos salários de cerca de 2 mil servidores, o que soa estranho já que esses mesmos vereadores arquivaram o requerimento da anistia impossibilitando sua votação.

Também cabe ressaltar que o município não parece estar disposto a dialogar sobre esse assunto, já que em todos os espaços e reuniões em que o SISMMAR esteve presente, os representantes da gestão têm sido irredutíveis quanto a aplicação da falta e desconto como forma de retaliação à greve histórica de agosto.

A falta ainda só não foi aplicada, assim como o Pacotaço ainda não voltou à Câmara, graças à intensa luta e mobilização do conjunto dos servidores.

PELA CARREIRA E PREVIDÊNCIA, SOMOS RESISTÊNCIA!

SE O PACOTAÇO AVANÇAR, ARAUCÁRIA VAI PARAR!

what you need to know

in your inbox every morning