Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

O Sifar realizou assembleia com servidores municipais na sexta-feira, 7 de junho. Um grande número de trabalhadores compareceu, mobilizados pelo regime de temor imposto aos servidores.

Para o sindicato, a crise decorre da falta de planejamento a longo prazo para a gestão de pessoal. Os pagamentos dos triênios, quinquênios e progressões estão suspensos. Não há proposta para repor a inflação.

Na assembleia, os servidores decidiram apoiar o movimento do Sismmar, que promove a paralisação amanhã.

Com este apoio, o Sifar se solidariza “às reivindicações [dos professores], em especial àquelas que refletem a garantia dos direitos legalmente previstos. Assim, o Sifar participará da mobilização através de seus dirigentes licenciados”.

O sindicato também convoca todos os servidores que não estiverem em horário de serviço a reforçarem a mobilização.

A direção sindical convida os interessados a se fazerem presentes em dois atos em frente ao Paço Municipal. Um no horário de almoço e outro no final do expediente.

“Com o resultado da manifestação e das negociações, será avaliada a possibilidade de convocação de assembleia conjunta com o Sismmar para a categoria decidir sobre a possibilidade de greve”, anuncia o Sifar.

what you need to know

in your inbox every morning