Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

censuraNa última terça-feira (09), o presidente da Câmara Municipal, Celso Nicácio, censurou mais uma vez os trabalhadores. Sem nenhuma explicação, ele impediu os sindicatos SIFAR e SISMMAR de fazerem falas durante a 31ª sessão ordinária, que tratou do Projeto de Lei nº 2.413/2021.

Essa é mais um ataque imoral aos direitos dos servidores de Araucária.

Os sindicatos repudiam veementemente essa ação autoritária e antidemocrática!

Às pressas, uma nova sessão foi agendada para hoje (11), às 15h, para a segunda votação do Projeto que ataca as aposentadorias e é consequência da Reforma da Previdência de Bolsonaro/Guedes. Com a aprovação desse PL, NENHUM servidor ativo receberá sua aposentadoria acima do teto do INSS, que hoje é de R$ 6.433,57! Para quem ganha acima do teto, o projeto implementa a aposentadoria complementar nos moldes da capitalização. Esses são alguns dos pontos da Reforma da Previdência!

Ou seja, quando se trata de retirar direitos dos trabalhadores, a Câmara de Vereadores tem pressa nas votações, diferente de quando estão em pauta projetos que beneficiam a população.

Essa censura é recorrente durante a gestão Hissam, mas seguiremos firmes na luta contra todo tipo de ataque!

Clique aqui para ver o ofício enviado pelo SIFAR à Câmara, que sequer foi respondido.

what you need to know

in your inbox every morning