Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

Nesta quarta-feira(11), o Sismmar acompanhou a reunião, ocorrida na sede do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE), entre o Conselheiro presidente do TCE, Fernando Guimarães, e o prefeito Jose Albanor Gomes. O objetivo foi debater a situação dos professores de Araucária que cursaram o Programa de Capacitação da Vizivali e ja fizeram a complementação de estudos pelas  universidades Ulbra e UCB, mas que não tiveram os seus diplomas reconhecidos.  A advogada do Sismmar, Camila Sailer Rafanhim de Borba, que acompanhou a discussão, informou que, apesar de não haver determinação categórica do TCE para o município, foram apresentadas diversas sugestões pelo presidente do Tribunal.

Para a advogada do Sismmar, os argumentos do TCE estão em consonância com os do sindicato e com os anseios dos profissionais envolvidos. “Caso os argumentos do TCE  sejam acatados pela Prefeitura de Araucária, a situação dos professores que já possuem complementação pela Ulbra e UCB está a um passo de ser resolvida. Isto representará grande progresso para os profissionais que foram exonerados da Rede por conta de liminares cassadas”, defendeu Camila (à direita na foto).

Além da representante do sindicato, a reunião – que aconteceu a pedido da Prefeitura de Araucária – contou com a presença do Prefeito Albanor, das Secretárias de Educação e de Gestão de Pessoas, Maria José Dietrich e Rhuanita Drosd, bem como da vereadora Adriana Cocci (PTN). O Sismmar, como o maior interessado neste assunto – uma vez que representa os profissionais que buscam uma solução para esse impasse – enviou a sua advogada para acompanhar a reunião, fato que teve consentimento prévio do próprio gabinete da presidência do TCE.

what you need to know

in your inbox every morning