Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

O Sismmar – em conjunto com o Sifar (Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos do Município de Araucária) –promove nesta quinta-feira (20) debate eleitoral com os cinco candidatos a prefeito e vice-prefeito do município. O evento acontecerá às 19h, na Câmara Municipal de Araucária, que fica na Rua Ima Elizabeth Werka, 55, no Bairro Fazenda Velha, em Araucária. O debate terá transmissão ao vivo pelo site do Sismmar.

Cada candidato recebeu as Cartas Compromisso elaboradas pelos dois sindicatos. O material do Sismmar, aprovado em assembleia do sindicato, contém as propostas dos trabalhadores para a educação e as principais reivindicações da categoria. A Carta, fruto das principais reivindicações da categoria, deverá ser apreciada e assinada por todos os candidatos já no início do debate. “O objetivo é cobrar dos futuros representantes do povo, os compromissos fundamentais para garantir a educação de qualidade e a melhoria das condições de trabalho dos profissionais do magistério, além de políticas de valorização dos servidores públicos”, resumiu a coordenadora geral do Sismmar, Giovana Piletti.

O debate terá cinco blocos. No primeiro bloco os candidatos irão se apresentar, no segundo e terceiro bloco responderão a perguntas feitas por dirigentes do Sifar e Sismmar, respectivamente. No quarto bloco poderão fazer perguntas entre si – com temáticas definidas.No quinto e último bloco farão as considerações finais. A ordem das exposições será definida por sorteio e os candidatos terão que respeitar os tempos previstos para cada etapa do debate (pergunta, replica e tréplica). Os advogados dos sindicatos analisarão os possíveis pedidos de resposta.

“Na pergunta entre os candidatos, queremos envolvê-los com temas que dizem respeito à carreira dos servidores públicos. No caso do magistério, nosso objetivo é saber que compromissos serão assumidos pelo futuro prefeito em relação ao nosso Plano de Carreira, que necessita de modificações urgentes, ao cumprimento dos direitos dos aposentados, como, por exemplo, o enquadramento no PCCV e o pagamento de quinquênios, que é uma promessa não cumprida dessa gestão. Também queremos saber que políticas serão implementadas para dar proteção à saúde dos servidores e para melhorar as condições de trabalho, bem como levantar questões ligadas à previdência dos servidores. Enfim, queremos saber se o futuro prefeito vai fazer negociações com o sindicato, diálogo que não aconteceu nos quatro últimos anos”, ressaltou Giovana.

O debate terá transmissão ao vivo pelo site do Sismmar. O evento, que tem previsão de término às 21 horas, será acompanhado por 40 servidores representantes do magistério, 40 servidores do quadro geral e demais convidados. 

what you need to know

in your inbox every morning