A 14ª Semana de Defesa e Promoção da Educação Pública já começou no Paraná. Professores municipais de Araucária participaram na manhã desta segunda-feira, 22 de abril, de debate sobre o PNE na APP-Sindicato, em Curitiba.

Poucos parlamentares atenderam ao convite. Apenas os deputados federais André Vargas e Dr. Rosinha e os deputados estaduais Professor Lemos e Luciana Rafagnim, do PT, estiveram presentes. Enviaram representantes os deputados federais Assis do Couto, Ângelo Vanhoni, ambos do PT, e Rubens Bueno (PPS). O funcionário de escola estadual e vereador por Colombo Anderson Prego também participou.

Compondo a mesa de debates, a coordenadora geral do Sismmar Giovana Piletti destaca que “ficou evidente a necessidade dos professores e demais trabalhadores da educação se mobilizarem mais ainda pela aprovação do PNE. Tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado a disputa política sempre ameaça distorcer o conteúdo do projeto ou retardar sua aprovação”.

A professora cita como exemplo “a proposta de se retirar a expressão ‘pública’ no que se refere ao financiamento”. Isto abre a abre a possibilidade de recursos públicos virem a financiar a educação privada, como ocorre hoje, de certa forma, com o Prouni e os sistemas S (Senac, Senai e Sesc)”, explica Giovana.

Terça-feira – A Semana Nacional em Defesa e promoção da Educação Pública continua amanhã. Às 9 horas será realizada audiência pública na Assembleia Legislativa, com a participação de representantes do MEC e do Fórum Nacional de Educação.

À tarde os professores de Araucária vão à Câmara Municipal levar a sua pauta as vereadores.