A assembleia de 19 de maio decidiu ampliar a todos os profissionais do magistério a campanha Hora-Atividade pra valer.

Até então, a mobilização abrangia os professores da Docência II, que se depararam com a questão no momento de reorganizar sua jornada de trabalho.

Mas esta é uma luta de todos. É lei nacional. O próprio prefeito, no início da gestão afirmou sobre a hora-atividade, que “lei de cumpre”.

Então, o magistério começa a fazer a hora-atividade na prática.

Uma vez por semana, em dias alternados da semana, a escola para as atividades com estudantes por duas horas.

De manhã, das 9h30min às 11h30min. À tarde, das 15h às 17 horas.

Neste período os professores realizam a “hora-atividade pra valer”.

A primeira ação ocorreu em 9 de maio, na frente a Smed. A segunda, em 17 de maio, foi na escola, em reunião com a comunidade escolar.

Assembleia

A próxima será na quarta-feira, dia 25 de maio, e será conjunta das Docências I e II.

A mobilização da manhã começa às 9h30min, com assembleia dos professores para organizar a campanha, na frente da Secretaria da Educação.

A mobilização da tarde continua na frente da Smed, das 15h às 17 horas.

A direçãodo Sismmar está tentando agendar uma reunião com a secretária Janete Schiontek.

As datas indicativas para a campanha Hora-atividade pra valer e para todos são:

  • 02/06 – Quinta-feira
  • 10/06 – Sexta-feira
  • 13/06 – Segunda-feira
  • 21/06 – Terça-feira
  • 29/06 – Quarta-feira
  • 07/07 – Quinta-feira
  • 11/07 – Segunda-feira

Precisamos fazer desta uma mobilização bem produtiva. Tanto para os objetivos da campanha, como também para a formação e reflexão sobre as possibilidades que esse tempo a mais traz para o fazer escolar.