dia nacional de lockdown
dia nacional de lockdown
Trabalhadores reivindicam agilidade na vacinação, auxílio de R$ 600 e Fora, Bolsonaro!

O dia 24 de março, próxima quarta-feira, está sendo construído como mais um dia de luta em defesa da vida dos trabalhadores. Chamado pelas centrais sindicais, movimentos sociais e de trabalhadores de Dia Nacional de Lockdown, o dia de luta reivindica agilidade na vacinação do conjunto da população e auxílio emergencial de R$ 600 até o fim da pandemia. É imprescindível que todos os serviços não essenciais sejam suspensos até que a taxa de contágio esteja controlada.

Para além disso, a data também conta com uma pauta de defesa dos serviços públicos, essenciais para o atendimento dos trabalhadores, contra a reforma administrativa e pelo Fora, Bolsonaro!

A pandemia evidenciou a importância da saúde, da assistência social, da educação e de todos os setores do serviço público! Por isso, o governo federal precisa frear o processo de destruição desses serviços imediatamente!

Devido ao estágio crítico da pandemia, as ações da campanha serão reavaliadas continuamente, para que não promovam aglomerações.

Fora, Bolsonaro!

Atravessamos o período mais duro da pandemia até o momento no Brasil. São quase 285 mil mortes e esse número cresce todos os dias. A pandemia foi inevitável, mas a forma como Bolsonaro e sua equipe lidaram com a situação fez com que o país chegasse ao caos e ao colapso do sistema de saúde.

O governo genocida de Bolsonaro é responsável por milhares de mortes e pela situação de miséria e desespero enfrentada pelos trabalhadores. E esse governo e essa política que só governa em benefício próprio precisa acabar! Fora, Bolsonaro!