Daqui a pouco, servidores municipais estarão novamente na Prefeitura de Araucária para tentar obter do prefeito o compromisso de que a primeira parcela do 13º salário será paga na próxima semana.

Desde o dia 4 os sindicatos Sismmar e Sifar vêm buscando reunião com o prefeito para tratar do assunto, mas Rui Souza sempre evitou qualquer encontro. Por este motivo, nesta quinta, dia 17 de novembro, servidores das duas categorias foram pela manhã ao Paço Municipal. Só saíram no meio da tarde, quando foi confirmada a reunião para hoje, às 10 horas.

Todos os servidores que puderem, devem comparecer e reforçar nossa luta.

Informações de que o prefeito não pagará a primeira parcela do 13º em 25 de novembro e pagará integralmente em dezembro, circulam pelos corredores da Prefeitura. E que por não ter recurso em caixa, Rui Souza deixaria de pagar o salário de 25 de dezembro.

Os servidores públicos de Araucária estão temerosos sobre os pagamentos do final de ano. Muito se fala sobre a situação financeira, cada dia mais caótica, da Prefeitura. Mas parece que a prioridade de Rui Souza em quitar compromissos com os fornecedores e com acertos de cargos comissionados exonerados e recém contratados é a ordem do dia.

Se, de fato, a história se concretizar, o prefeito terá dado um golpe pelas costas nos servidores públicos antes do apagar definitivo das luzes. Enterrando de vez a sua carreira na vida pública. Esperamos que tudo isto não passe de boato e que o compromisso seja cumprido.

FPMA

A Câmara Municipal concluíu o trâmite para incluir no orçaemento o repasse de recursos ao Fundo de Previdência, a fim de assegurar o pagamento das parcelas de aposentadorias que são de sua responsabilidade. No plano legal, está tudo encaminhado. Agora falta o plano real, com recursos financeiros para efetivamente pagar as aposentadorias.