O Dia de Luto e de Luta dos Professores de Araucária incomodou e muito a administração municipal.

Uma prova disto foi o panfleto elaborado pela Secretaria de Comunicação e distribuído nas imediações da Prefeitura, onde ocorria a manifestação do magistério.

O panfleto provocou risos entre os manifestantes. Falava dos “investimentos” da administração municipal nas escolas. Dizia que os salários estavam em dia, como o pagamento das promoções e progressões.

As escolas aderiram ao movimento. Instalaram o banner produzido pelo sindicato em cada unidade de educação, tiraram fotografia e postaram em redes sociais. Assim, toda a cidade viu a grande adesão da categoria ao protesto.

Mas a administração municipal tentou calar os protestos. Sem saber como, foram roubar os banners das escolas. Na Pedro Biscaia conseguiram anotar a placa do celta branco. O carro oficial pouco tempo depois o carro oficial estava estacionado na garagem da Prefeitura.

Por fim, outra demonstração de medo foi sinalizada pela secretária Janete Schiontek. Quando os servidores chegaram na Smed para entregar a coroa de flores, foram recepcionados por um grupo de policiais militares