PL 2333/2020

PL 2333/2020A mobilização dos servidores municipais de Araucária garantiu mais um atraso nos planos do prefeito Hissam. A votação do projeto de lei 2333/2020, que aumenta a alíquota paga pelos servidores de 11% para 14% e taxa o benefício recebido pelos aposentados, precisou ser encerrada devido à manifestação que os trabalhadores, impedidos de entrar na Câmara Municipal, faziam do lado de fora.

A professora Giovana Piletti, membro do conselho do Fundo de Previdência Municipal de Araucária (FPMA), participou do início da sessão na Câmara e falou dos ataques contidos neste projeto, que representa um confisco de salário dos servidores, já que usa a remuneração dos trabalhadores para pagar um déficit que não foi gerado pela própria categoria. Ou seja, mais uma vez, o governo está repassando para os servidores uma conta que não é nossa!

É importante ressaltar que os servidores estão com os salários congelados até dezembro de 2021 e, sem nem a reposição da inflação, a medida representa uma redução salarial de mais de 5%.

Nossa reivindicação é que a Prefeitura retire o projeto de tramitação e arquive a proposta.

Próximos passos

Nossa vitória ainda é parcial, porque o projeto pode ser colocado em votação novamente a qualquer momento, inclusive, ainda esta semana em sessão extraordinária, e precisamos nos manter firmes e mobilizados.

Mas essa vitória só foi possível com a união e a luta do conjunto dos servidores de Araucária, que enfrentou o frio e a truculência da guarda municipal mesmo após um dia de trabalho e foi à luta em defesa da aposentadoria de toda a categoria.

Agora, nosso movimento precisa crescer! Fiquem atentos ao chamado do SIFAR e do SISMMAR para o próximo ato, sigam os sindicatos nas redes sociais e compartilhem as informações com os colegas. Ou retira ou reprova! Juntos somos mais fortes!