Professores de doze diferentes escolas estiveram na tarde de terça-feira, 23 de abril, na Câmara Municipal para conversar com os vereadores sobre a educação. Saíram de lá com a sensação de terem dado com a cara na porta. Não foram atendidos nem pelos vereadores que estavam lá.

A assessoria da presidência justificou dizendo que a reunião não estava agendada e o presidente da casa estava saindo em viagem.

Mas a direção do Sismmar havia formalizado o convite no gabinete da presidência. Sua assessoria anotou na agenda. Também foram distribuídos ofícios com o convite a todos os vereadores, junto com a pauta de reivindicações.

A visita era uma atividade programada na 14ª Semana Nacional de Defesa e Promoção da Educação Pública, que a CNTE promove no país durante a Semana de Ação Mundial pela Educação.

Desconhecimento nossos representantes no legislativo não podem alegar. Portanto, faltou dar prioridade. E se eles quiserem demonstrar que têm respeito pelos profissionais da educação, podem procurar o Sismmar. As portas do sindicato estão abertas.

À assessoria da presidência foi solicitado repassar o convite a toda a casa para comparecer no dia 7 de maio, quando será realizada a próxima reunião do Conselho de Representantes. Momento propício para um debate franco e aberto sobre a educação.