Mídias, Relações Etnorraciais e a Lei 10.639 na Escola é o tema de palestra que a professora Azoilda Loretto da Trindade fará, no Anfiteatro 100, na Reitoria da UFPR, na terça-feira, 25 de fevereiro, às 19 horas.

A promoção é do Núcleo de Estudos Afrobrasileiros (Neab) e do Núcleo de Comunicação e Educação Popular (NCEP), juntamente com as Coordenações dos Cursos de Especialização e Extensão a Distância para a Educação das Relações Etnorraciais da UFPR.

A palestrante é professora da Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, Mestre em Educação (Psicologia da Educação)- Iesae/FGV-RJ, Doutora em Comunicação e Cultura (ECO/UFRJ). Azoilda Loretto da Trindade pesquisa as temáticas multiculturais e etnorraciais, além de ser ativista do movimento antirracismo. Ela é uma das coordenadoras pedagógicas do projeto A Cor da Cultura, que faz parte da política nacional de ações afirmativas.

Para o coordenador do Neab, Josafa da Cunha, o debate sobre as questões etnorraciais é cada vez mais importante. “Casos como as agressões ao jogador Tinga mostram que esse assunto necessita de maior debate”, ressalta o professor do Setor de Educação da UFPR.

O tema da palestra já faz parte das pesquisas de Azoilda há muito tempo. “O desafio da mídia é refletir a diversidade cultural, étnica, que existe na sociedade. Sem hierarquizar essas diferenças. Respeitando essas diferenças. Vendo a pessoa com o mínimo de dignidade e respeito que ela merece. Eu acho que isto já será um grande passo”.

O evento é aberto à participação da comunidade em geral.

SERVIÇO:
Palestra: Mídias, Relações Étnico-Raciais e a Lei 10.639 na Escola
Com Azoilda Loretto da Trindade (Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro)
Local: Anfiteatro 100, prédio Dom Pedro I, Rua General Carneiro, 460 Centro, Curitiba
Dia: 25/02/2014
Horário: 19 horas

Fonte: APP-Sindicato