A próxima reunião do Conselho de Representantes do Sismmar será realizada no dia 21 de novembro, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30, na sede do sindicato. A alteração da data, que estava agendada para esta quarta-feira, 07 de novembro, ocorreu devido à necessidade de organizar o calendário para promover os debates sobre os principais temas que vão compor a pauta de reivindicações 2013.

 Segundo a coordenadora geral do Sismmar, Giovana Piletti, as atuais condições de trabalho dos profissionais do magistério da rede municipal e as implicações decorrentes na saúde dos professores serão o tema principal da reunião do Conselho de Representantes. O objetivo é avaliar os avanços e construir com a categoria novas propostas que proporcionem melhorias nas condições de trabalho e a preservação da saúde daqueles que atuam na rede municipal de ensino.

Os representantes do Sismmar também receberão no dia 21 de novembro, cópias da Carta Compromisso elaborada pelo Sismmar aos candidatos a diretor/a e diretor/a auxiliar das escolas Públicas Municipais de Araucária.  No documento, o sindicato convoca estes profissionais a se comprometerem com a organização sindical nas unidades educacionais e com os profissionais que fazem a luta para a melhoria das condições de trabalho.

Construindo a pauta de reivindicações 2013 – Durante todo o mês de novembro, o Sismmar realizará discussões temáticas coletivas com os profissionais da rede sobre temas como Educação Infantil, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação do Campo, Plano de Carreira, Gestão Democrática, Previdência e Educação Especial. O objetivo é construir propostas que servirão de base para a redação da pauta de reivindicações 2013. O documento, que será aprovado em assembleia no início do ano que vem, norteará as negociações da categoria com o prefeito eleito, Olizandro Ferreira.

‘Este é o momento de elencar as principais reivindicações e de mostrar na nossa pauta os obstáculos que enfrentamos na educação municipal e que não foram ouvidos pelo último prefeito. Por isso, é importante que todos os profissionais da rede participem efetivamente desse processo. Ou seja, que tragam a posição das unidades educacionais sobre as temáticas que estarão em discussão para que possamos construir coletivamente um documento que enumere todos os problemas dos locais de trabalho’, convocou Giovana, lembrando a promessa do prefeito Olizandro, durante o debate eleitoral, de que realizará reuniões de negociação com a diretoria do Sismmar a partir do ano que vem.