abono de natal

abono de natalO desrespeito da gestão com a data-base no reajuste do Vale-Alimentação tem representado perdas para os servidores nos últimos anos. Como forma de compensar os servidores pelas perdas ocasionadas pela demora da gestão em conceder o reajuste no benefício, desrespeitando a data-base, o SIFAR e o SISMMAR foram até a gestão reivindicar que seja pago o abono de Natal do Vale-Alimentação.

Na manhã desta segunda-feira (02), os sindicatos protocolaram um ofício junto à gestão para reivindicar o pagamento do abono no mesmo valor do benefício do mês de dezembro. Juntamente com o ofício, foi anexado um abaixo assinado, que reforça o descontentamento e a indignação dos servidores com os atrasos da gestão.

Vale lembrar que o abono do Vale-Alimentação para compensação das perdas foi deliberado em assembleia dos servidores em abril deste ano. Mas, diante do descaso da gestão em repor essas perdas, a pressão continua.

Relembre o histórico das perdas dos servidores com relação ao Vale-Alimentação:

– No início da gestão Hissam, em 2017, os servidores já estavam com o Vale-Alimentação congelado durante 4 anos, devido à gestão anterior.

– O reajuste veio só em maio de 2017, mesmo constando a previsão orçamentária do ano anterior.

– Em 2018, mais um atraso, já que o reajuste que deveria ser concedido no mês da data-base, que é em junho, foi adiado para outubro, sem pagamento de retroativos.

– Neste ano, o reajuste será concedido somente no mês de dezembro, sendo que deveria ter ocorrido em junho de 2019.

Com todos esses atrasos, Hissam deve R$ 900 em Vale-Alimentação aos servidores! Ou seja, a reivindicação do abono de Natal é mais do que justa, para compensar o prejuízo dos servidores.  Vamos seguir firmes e mobilizados para conquistar a reposição dessas perdas!