lockdown araucária

lockdown araucáriaO SISMMAR e o SIFAR estão mobilizados pelo fechamento de todos os serviços não essenciais nessa fase da pandemia. Como o momento exige isolamento social, os sindicatos têm organizado atos simbólicos em frente à Prefeitura, colocado faixas no centro da cidade e espalhado cartazes pelos bairros de Araucária para explicar sobre a necessidade de medidas mais restritivas para conter o avanço do vírus.

A situação que enfrentamos hoje em todo o país é decorrente da negligência dos governos, que preferiram garantir o lucro dos empresários durante todo o último ano do que a vida de milhares de trabalhadores. O Brasil já atingiu a triste marca de 312 mil mortes e seguimos rumo a mais recordes trágicos como esse enquanto nada mais substancial for feito pelo poder público!

Até o momento, Araucária registrou 218 mortes e os números seguem aumentando. O governo Hissam terceirizou parte dos serviços de saúde, precariza a assistência social do município todos os dias e já deu a entender que pretender fazer de tudo para que as unidades escolares reabram mesmo sem a garantia de vacina. E é contra esse sucateamento e descaso com os serviços públicos e com a vida de trabalhadores e seus filhos que precisamos lutar!

Para garantir a sobrevivência daqueles que dependem de trabalho presencial para sobreviver, sejam os trabalhadores informais, aqueles que foram demitidos devido ao lockdown ou outros que não possuem renda, reivindicamos que os governos promovam auxílio emergencial para todos aqueles que precisam!

Vamos juntos cobrar isolamento social e auxílio emergencial para o conjunto da classe trabalhadora! Em defesa de nossas vidas, vacinação já!