Tsunami da Educação
Tsunami da Educação
Da esquerda para direita: diretores do SISMMAR, Alice Unicki, Daniel Lazinho, Zuleica Vieira, Clarice Mosson e Luci Mosson

Ontem (13) o SISMMAR, por meio de sua diretoria, esteve presente no Tsunami da Educação ao lado dos estudantes, em Curitiba, representando o magistério municipal de Araucária, em defesa da educação pública, por mais empregos e contra a reforma da Previdência.

Ao longo deste ano, estivemos presentes em todas as mobilizações nacionais contra o fim da aposentadoria e manifestações em Curitiba contra a reforma da Previdência e contra os cortes de verba na educação, e assim continuará sendo.

O Coordenador Geral do SISMMAR, Daniel Lazinho, lembrou em sua fala no caminhão de som que todas as esferas do governo estão alinhadas numa clara intenção de promover o desmonte da educação pública, desde os CMEIs até as universidades. Na mesma linha, Alice Unicki, também da direção, deixou claro o recado de que essa tentativa dos governos de enfraquecer a luta não terá sucesso: vamos seguir firmes na luta e na resistência!

As universidades públicas, como a UFPR e a UTFPR, além dos institutos federais, estão todas com seu funcionamento ameaçado devido ao corte de verbas feito pelo MEC. A UFPR já anunciou que, a partir de setembro, a instituição não terá verba suficiente para pagar as despesas mais básicas, como contas de água, energia elétrica e contratos de prestação de serviços.

A situação nas escolas e CMEIs, que há anos vêm sofrendo com os cortes promovidos pelos governos, não é diferente. Portanto, nosso recado é claro e já foi dado: não ficaremos calados ou inertes diante de tantos ataques à educação e seguridade social por parte dos governos federal, estadual e municipal, que atuam em conjunto contra a classe trabalhadora!

FIRMES por nenhum direito a menos!