Na educação estadual, as aulas serão reduzidas as aulas para 30 minutos, reservando tempo para se debater as medidas que estão impondo contra os trabalhadores e o patrimônio público. O magistério de Curitiba inicia hoje a semana de mobilização e de preparação da Greve Geral.

Tamanho é o pacote de retrocessos que estão aplicando contra o povo brasileiro, que a greve geral precisa ser construída. Será único meio para se deter a atrocidade golpista.

O magistério de Araucária não parou hoje, mas já aprovou em assembleia a participação nas mobilizações nacionais de trabalhadores. É fundamental a ação unificada do movimento sindical na defesa da classe trabalhadora, neste momento em que sofremos ataque jamais desferido contra nossos direitos.

O levante nacional dos trabalhadores tem como bandeiras:

  • Deter o Projeto de Lei 257, já aprovado.
  • Deter a PEC 241.
  • Deter o Projeto de Lei 4567.
  • Deter a Reforma da Previdência.
  • Deter a Reforma Trabalhista
  • Deter a Lei da Mordaça.
  • Em defesa da Lei do Piso.

. Projeto de Lei 257
Em razão de se renegociar dívidas de estados e municípios, estes governos imporão arrocho contra servidores, com cortes de direitos.

. PEC 241
A proposta é incluir na Constituição a proibição de investimentos públicos em todo o país por 20 anos. Todo o estado brasileiro fica congelado pro 20 anos. É uma PEC contra o desenvolvimento nacional, para favorecer o setor privado e corporações multinacionais.

. Projeto de Lei 4567
Este projeto foi proposto por José Serra, para atender aos interesses das corporações de petróleo, segundo documento revelado pelo wikileaks. Ele rompe com a legislação do Pré-Sal, que destina recursos dos royalties para a educação e saúde públicas. Inviabiliza as metas e estratégias do PNE.

. Reforma da Previdência
Alegando rombo na Previdência, que não se justifica, o governo propõe aumentar o tempo para adquirir a aposentadoria, acabar com as aposentadorias especiais e equiparar as idades entre homens e mulheres. Por trás, estão os interesses dos fundos de pensão privados.

. Reforma Trabalhista
Os patrões podem vir a “negociar” com seus empregados o desrespeito às leis trabalhistas. Fala-se em jornada diária e até 12 horas, fim das férias e do 13º. As terceirizações generalizadas, inclusive no serviço público tendem a virar regra. O emprego e o trabalho vão se tornar precários, aumentando a informalidade.

. Lei da Mordaça
Além do desmonte da educação pública e de tudo que vinha se construindo a partir dos Conaes, as leis da mordaça tentam tirar da escola sua diversidade, seu caráter plural, impondo a vigilância ideológica.

. Em defesa da Lei do Piso
Em meio a tantas ameaças, a Lei do Piso, que regulamenta a hora-atividade em 33,3% da jornada, pode se tornar letra morta.