educação especial

educação especialDepois de muitos anos de luta em conjunto com o SISMMAR, as servidoras e servidores do magistério municipal de Araucária obtiveram uma importante vitória para a categoria. Depois de pautar o tema na comissão de remoção e designação por anos, finalmente foi definido que as professoras com formação para atuar na Educação Especial têm o direito de concorrerem às vagas de professores itinerantes.

Há anos o SISMMAR e os profissionais estavam na luta para garantir que os professores tivessem esse direito. Isso porque, até então, a Secretaria Municipal de Educação (SMED) era a responsável por indicar quais servidores poderiam atuar como professor itinerante, sendo este o profissional que faz a mediação entre o ensino regular e o atendimento especializado.

Ou seja, antes dessa vitória, os profissionais, mesmo tendo formação e especialização para atuar como tal, não tinham a oportunidade de concorrerem à essas vagas, pois só poderiam atuar como professores itinerantes caso fossem indicados pela Secretaria, o que não era justo e nem democrático. Vale lembrar que o SISMMAR integra essa comissão e em anos anteriores já havia feito essa reivindicação, porém o governo se mostrava irredutível na posição de manter as vagas itinerantes como indicação.

Em 2019, o sindicato fez uma denúncia contra a política de indicação, o que fez com que a pauta voltasse para a discussão dentro da comissão. No entanto, somente neste ano, em reunião com a comissão que está tratando da remoção para 2021, ficou definido que as vagas para itinerantes da Educação Especial vão para a designação. Isto é, que os professores vão poder se concorrer à essas vagas.

Vale ressaltar, portanto, que essa importante vitória é fruto da indignação da categoria que lutou em conjunto com o sindicato contra os desmandos da SMED!

FIRMES! A Luta Muda a Vida