Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

Na sessão plenária desta terça-feira (27), a unanimidade dos vereadores de Araucária presentes aprovou a tramitação em regime de urgência dos Projetos de Lei 2.598/2023 e 2.599/2023, que tratam, respectivamente, da recomposição salarial e do vale-alimentação dos servidores municipais.

Com a aprovação da urgência, agora a Câmara Municipal tem o prazo máximo de 45 dias para a aprovação dos PLs. O SISMMAR defende que os reajustes sejam implementados já neste pagamento.

Importante destacar que os 3,83% de reajuste encaminhado pelo prefeito Hissam está muito abaixo da recomposição salarial de 15% reivindicada pelo conjunto dos servidores municipais em Assembleia com o SISMMAR e o SIFAR. Com isso, a Prefeitura não cumpre o Piso Nacional da Educação e mantém as perdas salariais acumuladas.

Para a reivindicação do índice de 15%, os sindicatos levam em conta os dois anos de congelamento dos salários durante a pandemiaa perda salarial de 3% causada pela aprovação do Projeto de Lei que aumentou a alíquota previdenciária de 11% para 14%, em 2021, e os 9% que a Prefeitura ficou devendo na data-base de 2022.

Já em relação ao vale-alimentação, teremos uma importante vitória caso o PL 2.599/2023 seja aprovado nas próximas sessões. Com o reajuste de 10%, o novo valor do vale-alimentação será de R$ 1.100,00, graças à intensa mobilização dos servidores municipais em conjunto com os sindicatos.

Negociações pelo pagamento do Piso do Magistério continuam

A direção do SISMMAR esteve presente na sessão plenária acompanhando atentamente a tramitação dos PLs e, ainda hoje, também deve participar de uma reunião agendada pela Procuradoria Geral do Município (PGM) e a Secretaria Municipal de Educação (SMED).

Nesse encontro com os representantes do governo, serão debatidos a aplicação do Piso Nacional da Educação em toda a tabela salarial e sobre os processos que estão parados na Prefeitura.

Lei de hora-atividade em home office

Em conversa com vereadores, a direção do SISMMAR foi informada que o Projeto de Lei 84/2023, que trata da hora-atividade em home office, ainda está com o Executivo, que não se manifestou até o momento. O prazo previsto para a manifestação da Prefeitura acerca da derrubada do veto pelos vereadores ainda está correndo. Caso não haja considerações, o PL poderá ser publicado em Diário Oficial pela Presidência da Câmara.

PELA CARREIRA E PREVIDÊNCIA, SOMOS RESISTÊNCIA!

SE O PACOTAÇO TRAMITAR, ARAUCÁRIA VAI PARAR!

Siga as redes sociais oficiais do SISMMAR para ficar por dentro das notícias do magistério.

Site: www.sismmar.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/sismmarmagisterio

Instagram: @sismmar.araucaria

Filie-se: https://sismmar.com.br/site/filie-se/

what you need to know

in your inbox every morning