Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

Na última semana foram realizadas mudanças na administração municipal, que incluíram a Secretaria da Educação. O secretário Ronaldo Martins deixa a pasta e vai para a Secretaria de Governo, na vaga deixada por João Caetano Saliba. Em seu lugar assume a pedagoga Janete Maria Miotto Schiontek, que até então era diretora geral da Smed.

A nova secretária tem a seu favor a experiência como profissional de carreira no magistério. Conhece a realidade das escolas. Atuou no Sismmar e, até assumir a diretoria geral da Smed, era a representante da categoria junto ao Conselho Municipal de Educação. Teve de se desincompatibilizar justamente porque assumiu cargo entre os gestores do Sistema de Ensino.

Janete Schiontek tem muitos desafios a enfrentar. E, para resolvê-los a contento, vai precisar mostrar determinação e autonomia junto à administração municipal. Existem questões pedagógicas e estruturais a solucionar, e uma categoria inteira que sofre com os ataques sobre seus direitos.

A secretária sabe bem que a promoção vertical é um direito legítimo e legal dos professores da Docência I. Mas qual será sua posição frente à luta da categoria pelo respeito aos termos do PCCV?

Além disto, ela terá que dar respostas satisfatórias às reivindicações das escolas especiais, ao fundo rotativo, à carência de profissionais na rede, à implantação da hora-atividade de 1/3 da jornada, às péssimas condições de trabalho, à proposta de estadualização das turmas do 6º ao 9º ano e à situação das escolas que precisam de reformas e construção.

Tudo que não foi feito na gestão Ronaldo Martins ficou para a pedagoga. A categoria espera que ela tenha força e determinação suficientes para vencer as barreiras que enfrentará junto à Prefeitura Municipal.

Na foto, a então vice-presidente do CME Janete Maria Miotto Schiontek media debate sobre Educação Infantil realizado em novembro de 2012, no Sismmar

what you need to know

in your inbox every morning