Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Araucária.

Search
Close this search box.

121113sursur Como parte do momento histórico e da construção de outro modelo de desenvolvimento social e de integração regional na América Latina, a Confederação de Trabalhadores da Educação da República Argentina (CTERA) e a Confederação Nacional de Trabalhadores em Educação (CNTE), sindicatos afiliados à Internacional da Educação para América Latina, participam pela primeira vez da reunião anual de cooperação ao desenvolvimento organizada na sede mundial da Internacional da Educação em Bruxelas.

A reunião acontece anualmente, visando conhecer e repensar as melhores estratégias de cooperação entre sindicatos afiliados à IE. Historicamente, a cooperação tem se construído em direção norte-sul, buscando apoio e acompanhamento para fortalecer e consolidar as organizações sindicais. Persiste, ainda, o desafio de desenvolver uma cooperação que apoie as organizações de forma que consigam ser autossustentáveis financeiramente.

Durante esta reunião de 2012, as afiliadas de América Latina apresentaram a nova situação de alguns países, assim como a decisão política dos sindicatos, de desenvolver uma cooperação sul-sul. Fátima da Silva, vice-presidente do Comitê Regional da Internacional da Educação para América Latina e secretária de relações internacionais da CNTE, apresentou a decisão política da CNTE de desenvolver uma cooperação sindical com os sindicatos de países africanos de língua portuguesa, fazendo um primeiro encontro com esses sindicatos africanos no Brasil, a fim de conhecer a escola e o processo de formação sindical na CNTE.

Esta outra forma de cooperação sul-sul é possível no momento histórico em que os povos da América Latina têm conquistado políticas públicas para um desenvolvimento soberano e que podem, agora, dirigir o olhar para o crescimento e apoio do movimento sindical.

Outros temas que serão analisados na reunião são o impacto da crise financeira européia e a cooperação para o desenvolvimento e pesquisa, assim como os eixos do planejamento estratégico para os sindicatos.

Fonte: CNTE/IEAL  – 20|11|2012

what you need to know

in your inbox every morning