No dia 29 de novembro, o Senado Federal deve começar a votar a Proposta de Emenda Constitucional 55. Sindicatos de todas as correntes estão organizando caravanas para os trabalhadores irem a Brasília e pressionar os senadores contra a PEC.

O Sismmar integrará uma caravana de sindicatos de Curitiba e da Região Metropolitana que estarão em Brasília no dia 29.

A saída está prevista para o domingo, dia 27. O retorno deve ocorrer logo após a votação ou na manhã do dia 30.

Para integrar a caravana do Sismmar, inscreva-se preenchendo o formulário neste link e enviando pela internet.

Por que ir a Brasília pressionar os deputados?

O objetivo da oligarquia dominante é congelar os investimentos públicos por até 20 anos. No entanto, a própria PEC cria mecanismos para drenar os recursos que sobrarem para empresas estatais não dependentes. Mais uma categoria que criam para desviar dinheiro público.

Por fim, a PEC vai destruir o setor público e não vai pagar a dívida que, aliás, não justifica a medida drástica. Já estivemos em situação pior, que foi contornada com crescimento.

Em 2002, a dívida líquida era de 60,38% do PIB e entrou em queda contínua até 2014, com 33,1%. Depois voltou a crescer para 36% do PIB. A dívida bruta caiu de 76%, em 2002, para 57,2%, em 2014, e voltou a subir, com a crise, para 66,6% do PIB.

Toda a população perde com a PEC 55. Por isto, vamos todos a Brasília tentar barrar essa aberração.